Monthly Archives

Março 2021

BACK2LIFE – Cuidados para o desconfinamento Global

By | BACK2LIFE

Cuidados para o desconfinamento Global
A NATUREZA DESCONFINA TODOS OS ANOS POR ESTA ALTURA, CHAMAMOS-LHE PRIMAVERA.

 

Prestando atenção à natureza veremos como vivemos num manancial de riquezas, cheio de sentido e significado. Observar e sentir a natureza é voltar ao seio de nossa existência, é nos reintegrarmos, pois somos parte dela também. Este é o propósito deste texto, um convite de reflexão sobre a relação em espelho do momento presente com a Primavera e de nós com a Natureza.

A primavera é uma estação do ano mas é também o despertar, o desconfiar de meses de “hibernação” conhecido por nós actualmente como confinamento.

O levantamento do confinamento e os raios de sol cada vez mais presentes despertam as cores lá fora e pequenos gestos trazem aos nossos dias profundas transformações. Dá vontade de sair, abrir os braços, respirar fundo, rir, encher a casa de flores e aos poucos vamos sendo contagiados pela chegada da Primavera, que inspira poetas e artistas de todas as épocas. Assim como a Natureza, também nós sentimos a vontade de renascer, este ano com redobrado entusiasmo, de voltar à alegria que sentimos na infância e à excitação que caracteriza a nossa juventude.

Mais do que em qualquer outro tempo, mais do que em qualquer outra Primavera, a alegria toma conta não só dos corações humanos, mas também de tudo que nos envolve. Vemos claramente o florescer da Vida nas ruas circulando com mais intensidade por todo o lado, a todos os níveis.

Esta estação, este momento, caracterizado pela excitação e entusiasmo rasgado pelos raios de sol e expandido pela liberdade de sair é uma proposta irrecusável mas que deve ser aceite com calma e ponderação. Bastam uns quantos anos de vida e observação do que nos rodeia para percebermos que esta chegada da Primavera para ser vivida em pleno deve ser vivida de forma progressiva. Aliás, a Primavera é isso mesmo, um caminho progressivo que te traz do Inverno/confinamento, recolhimento, hibernação para o Verão/desconfinamento, liberdade. Repara na Natureza que tão sábia te mostra que são poucas as horas que convidam, uma vez que as manhãs continuam frias e as tardes frescas. A Natureza desperta mas de forma progressiva, num saborear de liberdade que alimenta. Se seguirmos o exemplo da natureza aquando da chegada da Primavera também a nossa Primavera/desconfinamento se fará de forma tranquila, saudável e nutritiva o que pode ser um desafio para os mais ávidos e pássaros de Primavera.

Mas nem todos temos de nos refrear em viver a Primavera. Existem muitas pessoas que sofrem com a Primavera. Têm-lhe alergia.

As alergias são claramente questões do corpo físico bastante incómodas mas na verdade a sua origem está na questão emocional que esconde este medo em florescer, em Ser, em nos validarmos como somos, em nos expormos. As pessoas alérgicas à Primavera são também pessoas alérgicas ao desconfinamento. Se és uma dessas pessoas seguramente que sentes alguma excitação, ela é inevitável, mas logo vem o medo, a  ansiedade e o desconforto. Calma.

Estamos todos bem e vamos ficar melhor se aceitares continuar a ler este artigo e aplicares algumas das sugestões. Não garantimos a solução de todas as tuas questões porque como sabes o que serve para uns não serve para outros. Esse é o desafio da Primavera e do desconfinamento. Casos específicos carecem de metodologia específica e para isso sugerimos que peças mais informações sobre o programa Back to Life. Lembra-te que se és parte do grupo dos alérgicos à Primavera e queres fazer algo em relação a isso tens de te comprometer com o próprio processo, e assumir um compromisso pessoal para com a Vida deixando de usar a desculpa do “sempre foi assim, sou alérgico”.

É importante compreender que a Primavera é o processo anual de ensino que absolutamente tudo na vida passa. Todos os momentos hibernais por que passamos, em que tudo aparenta existir sem vida, seja por situações de perdas, decepções ou pelo simples refrear da vida, momentos de pausa que chegam e se instalam. Tudo passa e no seguimento sempre um novo ciclo que se inaugura como Alberto Caeiro escreve tão bem:

“Quando tornar a vir a Primavera
Talvez já não me encontre no mundo.
Gostava agora de poder julgar que a Primavera é gente
Para poder supor que ela choraria,
Vendo que perdera o seu único amigo.
Mas a Primavera nem sequer é uma cousa:
É uma maneira de dizer.
Nem mesmo as flores tornam, ou as folhas verdes.
Há novas flores, novas folhas verdes.
Há outros dias suaves.
Nada torna, nada se repete, porque tudo é real.

– Alberto Caeiro –

O novo ciclo que agora se apresenta não é o regresso a algo mas sim a chegada a algo novo. No tempo actual e proposta de desconfinamento, a primavera é o convite que esperávamos para abrir  as janelas da casa, e da alma, para deixar entrar o aroma de novas possibilidades e deixar ir o aroma embolorado do medo. Mas para vivermos com saúde esta temporada há que refrear a intensidade e exercitar a entrega consciente. A primavera convida e a consciência abraça. Não temas as abelhas, as alergias, os pólens sai de coração aberto e cauteloso, tens muito tempo para desabrochar e florescer, vê a papoila, observa a borboleta. Não forces a saída do casulo, vai com calma e em breve terás chegado a todo o potencial da liberdade de Ser.

  • Reforça o teu sistema imunitário.
  • Integra novas rotinas de purificação da “tubagem” que leva o prana (energia vital) e o alimento até às tuas células.
  • Nutre o teu corpo com o alimento mais fresco, mais colorido, mais verdadeiro.
  • Faz exercício.
  • Liberta-te da prisão das redes sociais e das horas fechadas entre paredes.
  • Sê feliz.
  • Inscreve-te no Programa de Dinacharya e aprende mais sobre estas rotinas que farão de ti o melhor jardineiro de sempre desse jardim que és mas que permaneceu anos abandonado.
  • Marca a tua consulta e permite-te viver no teu máximo potencial, livre de anti-histamínicos, bombas da asma, lenços de papel, nariz a pingar e comichão nos olhos.

Tu tens o poder de agir e mudar o que quiseres.

Queres mesmo continuar a viver assim?

Lara Lima
Fundadora do método BMQ
Formadora da AMAYUR
Formadora reconhecida pela YOGA ALLIANCE
Terapeuta Ayurveda Sénior
Professora Sénior de Yoga.

DAILY AYURVEDA – Congressos e corpo científico

By | Daily Ayurveda

CONGRESSOS E CORPO CIENTÍFICO

Apesar de (re)conhecida como Medicina, pela OMS, existe ainda pouca clareza comum sobre a legitimidade do Ayurveda enquanto sistema médico.

“Como pode um corpo de conhecimento sistematizado pelos antigos Sábios da Índia, e descrito em compêndios com mais de 3000 anos pode ser um sistema actual de prevenção e cura?”

Não obstante à crescente abertura do Ocidente ao Ayurveda, este sistema médico continua a levantar dúvidas e a não ter, pelo menos em Portugal, o reconhecimento médico e estadual que tantos outros Países já integram. Sem embargo à resiliência, resistência e sobrevivência do Ayurveda ao longo dos tempos a verdade é que é duro para quem a pratica profissionalmente não ver reconhecida a sua profissão e muitas vezes ter de defender este conhecimento dos ataques, escrutínios e mutilações constantes por parte de quem jocosamente a declara como magia, mezinhas ou crença popular num momento em que o estado actual de crescente reconhecimento científico só demonstra uma coisa, ser de facto um conhecimento baseado na Verdade da Vida. Só a Verdade pode permanecer firme e incorruptível perante semelhante adversidade (sobre isto podem ler mais no artigo https://www.bmqbylaralima.com/category/daily-ayurveda/).

Actualmente é evidente o aumento de adeptos e corpo científico que validam o conhecimento Ayurveda e o “traduzem” para a linguagem actual trazendo a público a forma de entendimento e suporte necessário à população e cultura moderna. Prova disso é:

  • a crescente literatura publicada sobre o tema, acessível aos vários níveis de público e entendimento
  • a introdução das terapias em clínicas médicas e espaços de bem-estar
  • o crescente número de retiros, cursos e workshops sobre a temática do Ayurveda
  • e, como em qualquer outra disciplina científica, também os encontros e congressos

Os Congressos de Ayurveda são encontros académicos e profissionais sobre vários temas que se relacionam com a prática Ayurveda. Nos últimos anos estes eventos têm sido cada vez mais regulares a uma escala Mundial graças à vasta presença que o Ayurveda tem tido nos cinco Continentes e a ampla validação científica que tem produzido corpo académico cada vez mais forte, estando actualmente integrado em muitos sistemas nacionais de saúde bem como em Universidades por todo o Mundo.

Nos últimos 10 anos o BmQ tem participado regularmente como palestrante em Congressos, desde 2012 no Congresso Mundial de Ayurveda em Pune (India) até ao mais recente já em 2021 no Congresso Internacional de Yoga e Ayurveda no Brasil. Nestes congressos podemos ouvir palestras dos profissionais mais especializados e credenciados, nas mais diversas especialidades, trazendo a público discussões profundas e debates interessantíssimos entre diferentes abordagens sobre temas bem actuais.

Como palestrantes, nestes mesmos Congressos, sentimos a responsabilidade de nos mantermos atualizados no conhecimento bem como na sua aplicação prática sendo cada vez mais a nossa participação baseada na apresentação dos nossos casos e programas.

Este ano o Suddha Yoga e Ayurveda, com o apoio do World Moviment for Yoga and Ayurveda e da International Academy of Ayurved, organizou o 1º Congresso Mundial de Yoga e Ayurveda online, mostrando as possibilidades que sempre existem nos períodos de maior desafio, com 15 dos principais professores de Ayurveda da Índia, alguns dos nomes mais importantes do Yoga e do Ayurveda da Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina e 25 destacados médicos, terapeutas e professores.

Este evento contou com a participação especial de David Frawley (Vamadeva Shastri), Shambhav Chopra, Prof. Subash Ranade, Dr. Prerak Shah, Dr. Gaurang Joshi, entre outros professores da Academia (IAA) tendo o BmQ apresentado o seu Programa de Ecologia Pessoal. – um Programa que integra os Yoga Sutras de Patanjali na prática integrativa de Ayurveda no dia a dia.

Também em Portugal temos assistido ao crescente número de congressos e eventos na área graças ao forte dinamismo da AMAYUR (Associação Portuguesa de Medicina Ayurveda que tem como missão a divulgação, promoção e formação em Medicina Ayurveda em Portugal) e organização anual de um Encontro de Ayurveda onde são convidados palestrantes de todo o Mundo e onde terapeutas e interessados podem participar conhecendo mais sobre este corpo de conhecimento e sua prática nos tempos de hoje, em Portugal. Nestes encontros o BmQ participa regularmente com palestras, workshops e casos clínicos tendo já impulsionado diversas participações de alunos.

É claro este grande empenho académico para compreender o Ayurveda parte de uma grande experiência prática fruto do crescente número de adeptos que a procuram não só como uma abordagem a questões que a medicina moderna não consegue responder como cada vez mais a procura de uma forma mais consciente de estar na vida, agindo antes do tempo.

Lara Lima
Fundadora do método BMQ, formadora da AMAYUR
Formadora reconhecida pela YOGA ALLIANCE
Terapeuta Ayurveda Sénior
Professora Sénior de Yoga

WhatsApp: +351 915448303
www.bmqbylaralima.com
info@bmqbylaralima.com (assunto: programa BACK2LIFE, CHALLENGES, DINACHARYA, CONSULTA AYURVEDA, YOGA COACH)

Facebook
|https://www.facebook.com/BmQbyLaraLima/
Instagram
https://instagram.com/bmqbylaralima
YouTube
https://www.youtube.com/channel/UC97f5xJ7oshGJPuTeqIsUkQ
Twitter
https://twitter.com/BmqYoga?s=08